Trabalhos da SICE

28/05/2018
Um festival de cartazes pelos corredores da Escola.

Nos últimos dias, a Escola viveu a agitação da apresentação dos trabalhos científicos da SICE, para a avaliação dos professores.

Os temas eram os mais diversos e sempre apresentados com criatividade, bom humor, profundidade e nas mais variadas técnicas.

Chamou à atenção como as equipes divulgavam seus trabalhos. Havia cartazes espalhados por toda a Escola.

Arte e cartazes, como sabemos, já estiveram bem juntos. O artista parisiense Toulouse-Lautrec é um dos mais brilhantes na arte de fazer cartazes. Torná-los obras de arte.

Fiz uma seleção pessoal, totalmente subjetiva e sem relação com os temas, pautada apenas pela forma de comunicar através dos cartazes:

  • Feminista x Machista - usou bem as cores, foi feito manualmente, o que deu um charme extra. Direto e bem resolvido.
  • A história e a evolução da fotografia - Bem resolvido, com espaços de respiros, hierarquia das informações e uma imagem bastante coerente.
  • Diabetes - Limpo, direto e com as informações com grande facilidade de acesso.

Poderia falar de muitos outros cartazes: "Construções sustentáveis, Brasil mostra as tuas caras, Inclusão social, O desafio das Futuras Viagens Espaciais, Homofobia, Trissomia do Cromossomo 21, O mundo encantado de Walt Disney, Tecnologia, Feminismo, Cigarro, Civilização Inca, Religiões, Prevenção de Homicídios na Adolescência no Ceará, África, Egito, Segunda Guerra Mundial, Jovens Cientistas, Existe vida fora da Terra, Civilizações Pré-Colombianas, Educação Ambiental, Quais os principais elementos do Sistema Solar, Tecnologia dos Meios de Comunicação, Feminismo é o mesmo que machismo.

Tinham também aqueles que foram feitos com pincéis coloridos de forma mais solta e que também venderam o seu peixe: Desastres Naturais, O impacto do Zika Vírus no mundo atual, Violência Gera Violência.

Talvez não tenha visto todos e é natural que no meio de muitas informações alguma não seja percebida ou não estava na rota daqueles que passavam, o que é também muito importante: o local de fixação dos cartazes.

Valeu todo o esforço das equipes para comunicar seus trabalhos.
 

Ivan Guimarães – Gerente do Setor de Comunicação