No Ceará é assim

25/10/2018
Culminância do Projeto Conhecendo Fortaleza

Está lá no brasão do Ceará: Fortitudine.

É o que somos: um povo forte, de valor e de coragem.

Quem belamente disse isso estes dias com o projeto Conhecendo Fortaleza foram os alunos do terceiro ano do Ensino Fundamental.

Conduzidos por Iracema, que costura uma apresentação de teatro, resultado de estudos sobre a cidade de Fortaleza, índios, holandeses, portugueses, vaqueiros, rendeiras vão contando e aproximando fatos da nossa história.

Olhamos para o que somos como povo numa cidade hoje com quase três milhões de habitantes, cheia de sonhos, encantos e contradições, mas, na pureza das crianças, é resgatada a nossa constituição alegre, guerreira, artística, musical, que nos faz tão hospitaleiros e queridos.

A culminância do Projeto acontece numa semana tão bela, quando se comemora o aniversário do cantor cearense Belchior, que na sexta-feira faria 72 anos: “Eu quero o que a alma deseja”.

Ao final da apresentação, familiares e educadores orgulhosos levam para casa uma lembrança que remete à obra Iracema, de Zenon Barreto.

E que sejamos sempre essa pessoa nativa, que ama o seu povo e que está ali a nos proteger e defender do esquecimento das nossas memórias pelo tempo.

A depender dessa garotada, isso não vai acontecer.